Como transformei a minha irmã em uma viciada em doramas

Era uma vez em uma terra não muito distante uma garota que
levava uma vida comum, ficava de olho no seu “feed do facebook”, e curtia a sua família.

Tudo isso mudou quando a sua irmã (eu) veio passar um fim
de semana na casa dos seus pais, mal sabia ela que essa irmã estava prestes a
transforma-la em uma viciada em doramas.
Como foi que essa irmã a converteu em uma apaixonada por
dramas? Em seis passos furtivos.
1) Eu comecei
de forma lenta:
“É um pouco diferente do que você está
acostumado,” eu avisei. “Mas assista alguns episódios antes de você decidir
se você gosta ou não. “Que mal poderia haver em um na terra dos doramas?”. Confira
aqui 8 coisas que eu gostaria de
saber antes de começar a ver doramas.

Lee Min Ho - Boys Before Flowers

2) Eu não
mencionei quaisquer obstáculos:
Doramas são em uma língua que ela
nunca tinha ouvido falar antes, com as legendas que são na velocidade da luz?
Sem problemas. Aqui está o controle remoto. Sinta-se livre para retroceder. Confira aqui 10 curiosidades sobre a Coreia do Sul.

3) Eu me aproveitei
das suas fraquezas:
Ela é perdida por comédias românticas doces
com uma mulher forte, bem como cenas de ação de com lutas onde o mocinho vence.
Tão nobre como isso soa, ela também não conseguia se opor aos olhos doces. Eu
posso ser superficial, mas fui honesta, com ela absolutamente eu avisei sobre as
cenas de chuveiro. E disse mais… sinta-se livre para pausar e rever quantas
vezes quiser. Confira aqui 12 lições
que aprendi com os doramas, não deixe de conferir aqui os 8 personagens masculinos que gostaríamos de namorar

4) Eu a
deixei querendo mais:
O que ??? Apenas dezesseis episódios? Ela me
dizia.Um drama com começo, meio e fim? Quando é que sai próxima temporada? Nesse
ponto não tinha mais volta pra ela, então passei alguns clássicos dos doramas
para ela ver, confira aqui 6
clássicos que todo dorameiro deve ver.

5)Eu
ensinei o que é uma maratona:
Depois de ouvir as suas queixas
e reclamações, eu lhe trouxe um novo drama, e ensinei um novo significado para
a palavra “maratona”.

6) Ensinei
ela a aproveitar a culinária coreana:
Não é apenas qualquer comida.
. . mostrei-lhe a deliciosa comida coreana. E um pote de cobre bonito para
cozinhá-lo. E pauzinhos para comer com ele. Precisa dizer mais? Confira aqui os lugares que todo o dorameiro deseja conhecer.

Estou tão feliz que minha irmã seja uma dorameira, é tão
bom quando nos vemos ficamos horas e horas conversando sobre nossos doramas! Confira aqui 9 etapas para converter a sua mãe em uma dorameira.

Fonte:
Drama Fever

Deixe aqui sua opinião sobre