Blood (K-drama)

Hoje vamos falar desse
drama que muitos amaram e muitos odiaram, o drama foi estrelado por Ahn Jae Hyun e Gu Hye Sun.
Sinopse: Park Ji Sung é filho de um vampiro, e herdou dele a sede de sangue, mas
que tem o forte desejo de “viver ou se tornar um humano normal”, ele acaba se
tornando um cirurgião num renomado centro de oncologia, e, para se conter, ele
toma uma pílula especial antes de entrar em qualquer cirurgia. Sob os olhos do
diretor Lee Jae Yook, ele consegue suprimir sua sede, até que a bela Yoo Ri Ta
se junta à sua equipe e ele descobre um desejo mais forte pulsando em suas
veias – seria o amor?
Titulo: 블러드 / Blood
Gênero: Médico, drama,
vampiro e romance
Total de Episódios: 20
Canal: KBS
Ano: 2015
Ahn Jae Hyu: Park Ji Sung
Gu Hye Sun: Yoo Ri Ta
Ji Jin Hee: Lee Jae Wook
Park Ji Sung (Ahn Jae Hyun) – gostei bastante de Ahn Jae Hyun no drama My Love From the Star e em Blood foi mesmo, apesar do ator não ter
muitos trabalhos já deu para sentir que o rapaz tem talento. Park Ji Sung tem
apenas um desejo, ser “normal” poder viver como um ser humano normal
desfrutando das mesmas coisas que nós reles mortais, sentia pena de Park Ji
Sung, a única coisa que tinha de bom em ser um vampiro era o fato de você não envelhecer,
mas de resto coitado….Enfim achei triste a história de Park Ji Sung.
Blood (K-drama)
Park Ji Sung é cara frio
de coração gelado literalmente, que é considerado um gênio ele é um médico muito respeitado que para conseguir controlar a sua sede de sangue toma pílula.
Blood (K-drama)
Loja de artigos de k-pop

 

ele busca encontrar
uma cura para o vírus VTH16 que é
uma espécie de vírus que transforma os seres humanos em vampiros, e seu outro
grande objetivo é encontrar os assassinos de seus pais. Para isso ele conta com
a ajuda de Joo Hyun Woo (Jung Hae In)
os dois acabam se tornando irmãos de coração. 

Blood (K-drama)

Na busca para a cura do tal vírus
Park Ji Sung acaba indo trabalhar no hospital Taemin que mais tarde se torna
uma espécie de circo dos horrores.

Blood (K-drama)
É nesse hospital que Ji
Sung conhecerá a doutora Yoo Ri Ta (GuHye Sun). Ri Ta era forte e determinada, logo ela e Ji Sung protagonizaram algumas
cenas de embates, embora Hye Sun não
seja umas das minhas atrizes favoritas achei que ela e Ahn Jae Hyun conseguiram ter uma boa química.
Blood (K-drama)
Blood (K-drama)

 

Uma pena que o casal teve
poucas cenas juntos, esse talvez seja um dos pontos em que o drama deixou a
desejar… Mas isso não é nada que impeça você de assistir o drama.
Blood (K-drama)
Amei essa cena
Joo Hyun Woo (Jung Hae In) era dele a parte cômica e
leve do drama, sendo o ponto de equilíbrio de Ji Sung, quem aqui não queria um
amigo assim. Como já disse eles eram irmãos de coração ele também foi responsável
pela criação do robô mais doce dos dramas Luuvy. 

Blood (K-drama)

Hyun Woo também formou um
casal Choi Soo Eun (Jung Hye Seong)
os dois formaram um casal doce e divertido, uma das cenas mais tristes do drama
foi à morte Hyun Woo.

 

Blood (K-drama)
O que eu achei
interessante nesse drama é que ao mesmo tempo em que ele fala da ficção, ele não
deixa de ter traços compatíveis com a realidade, pois as nossas ambições e
sonhos muitas vezes é o que nos motiva ir à luta, mas e quando isso passa a ser
maior que tudo, quando ficamos cegos por nossas próprias ambições??? Blood traz uma gama de personagens que
são o exemplo perfeito de quando isso acontece, sendo que mais marcante é Lee
Jae Wook.
Blood (K-drama)

 

 Um personagem que
merece destaque é Lee Jae Wook (Ji Jin Hee),
ele era muito duas caras, do tipo que da o tapa e esconde a mão. Lee Jae Wook
era um idealista que se perdeu nos seus próprios ideias, ele buscava a cura
para a humanidade e enxergou no VTH16 essa possibilidade.
Blood (K-drama)

 

Assim o vampiro Big Boss começou a sua empreitada pela
cura da humanidade no hospital Taemin, seu primeiro passo foi criar uma ala
para os menos afortunados, enquanto muitos olhavam para ele com respeito e
admiração outros não entendiam suas atitudes que de boas, não tinham nada,
assim nascia o circo dos horrores do hospital Taemin.
Blood (K-drama)

 

Lee Jae Wook eliminava
quem fosse um obstáculo no seu caminho, essa parte fez com que o drama
tivesse algumas mortes, o que dava uma movimentada no enredo que às vezes era
meio parado, Ji Jin Hee estava muito
bem na pele de Jae Wook, sendo muito sínico, adorava quando ele soltava a bomba
e deixava a equipe dos mocinhos se virar nos trinta.
Blood (K-drama)

 

Choi Kyung In (Jin Kyung) ela era implacável em Pinocchio e em Blood não foi diferente, sua ambição é o hospital Taemin e para protegê-lo
ela não se importava de formar aliança com quem quer que fosse.
Blood (K-drama)

 

Joo In Ho (Kang Sung Min) ele me dava medo,
principalmente quando sorria diversas vezes ele me lembrou o Chuck boneco
assassino. Enfim ele era do tipo louco para fazer experimentos em quem quer que
fosse ele não tinha nenhum objetivo real, não era para o bem nem para o mal
seus experimentos era a sua fonte de diversão…
Blood (K-drama)

 

Yoo Seok Joo (Kim Soo Gab) tio de da doutora Yoo Ri
Ta, responsável por trazer Jae Wook para dentro do hospital Taemin, outro
personagem totalmente movido por suas ambições e fácil de ser lubridiado. Seu
principal motivo para firmar parceria com Jae Wook era a busca pela cura de uma
doença incurável da qual sofria.
Blood (K-drama)

 

Ost do drama: é bem leve e doce achei a escolha das músicas boas, elas se
encaixaram perfeitamente no dilema dos personagens Park Ji Sung e Yoo Ri Ta,
afinal o amor deles era impossível e as musicas conseguiram dar esse toque.
Tiffany – Only one

 

Song Haye – Be Alright

 

O Final: Então, essa é a parte que muitos odiaram e muitos até que gostaram, vou
logo dizendo que faço parte do grupo que não gostou. O final em minha opinião
não ficou claro, nem digo nada quanto ao fato de ser um pouco parado, pois o
drama em si não teve muita ação (o que me deixou triste). O final foi ambíguo
eu não gostei, o grande problema de Blood
é que ele foi mal explorado em todos os aspectos, o bem e o mal ficavam muito tempo de conversinha
fiada e ação que bom never. Enfim
gosto quando o drama tem o final redondinho e esse não foi o caso de Blood.
Blood (K-drama)

 

Considerações finais: Blood
traz uma visão diferente sobre os vampiros, estamos acostumados com pessoas se
tornando vampiros depois de serem mordidas que são exemplos dos filmes tradicionais, em Blood temos seres humanos que
são infectados por um vírus, um vampiro que busca a cura e outro que se perde
no seus ideais. Mais do que a luta entre o bem o mal Blood retrata pessoas que não medem conseqüências para alcançar
seus objetivos.
Blood (K-drama)

 

Onde assistir: DramaFever
 
Aqueles que preferem fazer
download podem encontrar no Meteor e
Kingdon fansub.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY