4 Razões para você assistir Miss Hammurabi

4 Razões para você assistir Miss Hammurabi

O k-drama Miss Hammurabi foi um drama que conquistou muitos fãs da k-dramaland, e listamos algumas razões para você assistir está grande série estrelada por Go Ah Ra, Kim Myung Soo (L) do INFINITE e Sung Dong Il.

  1. Um drama legal escrito por um juiz

4 Razões para você assistir Miss Hammurabi

Há dez anos, o juiz Moon Yoo Seok e Kwak Jung Hwan o diretor de Miss Hammurabi lamentaram a ausência de dramas legais de qualidade na Coréia, escritos por especialistas. O juiz Moon escreveu uma coluna chamada Miss Hammurabi em 2015 com a intenção de transformá-lo em um programa de TV, disse o diretor Kwak na conferência de imprensa. O juiz Moon publicou a série de artigos sobre o Hankyoreh em um livro em 2016 e escreveu o roteiro de Miss Hammurabi.

  1. O drama aborda questões de gênero

4 Razões para você assistir Miss Hammurabi 4 Razões para você assistir Miss Hammurabi

Park Cha Oh Reum (Go Ah Ra) é uma feminista à sua própria maneira. Ela não aceita ficar sentada exprimida ao lado de homem que não tem noção de espaço e está todo esparrado em um trem lotado. Ela também leva a ideia de trajes para as mulheres ao extremo, aparecendo em um conjunto com uma minissaia. Você verá está ambiciosa juíza novata afligir o conforto e confortar os aflitos.

  1. Go Ah Ra e Sung Dong Il juntos novamente

4 Razões para você assistir Miss Hammurabi

Uma filha e um pai de Answer Me 1994 se reúnem como uma juíza novata e seu chefe. Eles também estrelaram juntos em Hwarang.

  1. O papel inovador de Kim Myung Soo (L) 4 Razões para você assistir Miss Hammurabi

 

Seu primeiro protagonista foi no drama de 2012 Shut Up Flower Boy Band. Nós amamos Kim Myung Soo (L) como a versão do garoto de Joo Joong Won (So Ji Sub) em The Master’s Sun. Com essas experiências, Kim Myung Soo (L) do INFINITE se transformou em um juiz de cabeça fria que é realmente empático dentro de Miss Hammurabi, e provou ser um ator talentoso.

O que você achou de Miss Hammurabi?

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre