Série YG e a estratégia do futuro é acusada de racismo e assédio sexual

Série YG e a estratégia do futuro é acusada de racismo e assédio sexual

A sitcom da Netflix, YG e a estratégia do futuro, está sendo criticada por cenas que empregam racismo e assédio sexual para fazer humor.

YG e a estratégia do futuro é dirigido pelo diretor de produção Park Joon Soo da série The God of Music. A sitcom conta a história de Seungri, do BIGBANG, lidera a desastrada equipe do departamento de planejamento estratégico da YG.

Em 11 de outubro, a emissora de entretenimento chinesa Sina informou que a sitcom usa incorretamente um mapa da China e tem cenas que depreciam o país. Irritados com isso, os fãs chineses têm expressado suas opiniões na conta do Instagram de Yang Hyun Suk.

Além disso, durante uma cena, a costa sudeste da China foi apagada do mapa, enquanto em outro, um guarda de segurança coreano vestido com roupas tradicionais da Dinastia Qing grita “Sou um porco” em chinês depois de ser capturado.

Depois dos relatórios, muitos expressaram raiva no Weibo, criticaram a YG Entertainment e o YG e a estratégia do futuro e exigiram um pedido de desculpas de Yang Hyun Suk.

Yang Hyun Suk respondeu e postou um pedido de desculpas aos fãs chineses em seu Instagram, dizendo: “Pedimos sinceras desculpas aos fãs chineses. Nós dissemos à equipe de produção para corrigir e excluir as cenas em questão. Nós seremos mais cuidadosos no futuro”.

As cenas acima, no entanto, não são as únicas cenas problemáticas em questão. Muitos espectadores apontaram que a sitcom cruzou a linha, especialmente com zombaria de outras celebridades e assédio sexual.

Alguns exemplos incluem um homem tirando a roupa ao pedir um autógrafo para o BLACKPINK, um grafite aleatório que diz “Eun Ji Won XXX” e Seungri presenteando o WINNER com uma roupa íntima com o rosto dele.

Uma cena inclui uma visita ao dormitório do iKON, onde uma funcionária confunde um homem dormindo no sofá como um membro do iKON e tira uma foto de sua virilha. Quando Seungri a confronta, ela responde: “Eu tirei uma foto dele porque parece saudável. O futuro da YG não é muito saudável?

A sitcom também mostra repetidamente a foto de Seungri de seu escândalo passado. Esta foto foi publicada por uma loja japonesa depois que uma mulher alegou ter passado uma noite com ele e tirou esta foto sem o seu conhecimento enquanto ele dormia. Embora isso tenha prejudicado sua imagem no passado e ele era uma vítima na época, a sitcom mostra a foto várias vezes e zomba da situação dizendo: “Ele parece um anjo enquanto dorme”.

YG e a estratégia do futuro continuamente está envolta de muitas controvérsias em torno de seus artistas. A fim de construir uma imagem limpa a agência YG Entertainment, administra exames de urina, verifica os pertences dos artistas e tira qualquer medicamento não prescrito, apenas aumentando a controvérsia.

YG e a estratégia do futuro estreou em 5 de outubro e está disponível na Netflix. Quais são seus pensamentos sobre as cenas controversas?

Fonte: (1)

4 COMMENTS

  1. Sobre os chineses eu até entendo. Afinal, é coisa seria mexer com outra nação assim! Mas sobre esse lance sexual, esta exagerado!! O cara que tirou a camisa estava de costa e o susto foi por causa do tanto de tatuagem que ele tinha nas costas… Quem fez essas reclamações?! Foram as koreans?!
    São somente piadinhas, inclusive soltaram muitas outras alem dessas, muitas cenas levadas pra esse teor. Foi uma forma de humor bem mais proximo da realidade ocidental, sendo diferente da imagem koreana de entretenimento, onde eles sempre tem muito cuidado com o que falam.
    Tambem eles brincaram muito sobre os escandalos da YG em geral, e isso foi ótimo!!
    Chorei de rir a cada episódio xD
    Amei essa forma mais madura e louca em uma sitcon korean. Só tinha visto antes em uns dois programas de lá, por isso acho muito bom trazer pra versão serie.

    View Comment

Deixe aqui sua opinião sobre