Presidente Moon Jae In ordena que sejam feitas investigações completas sobre casos de Jang Ja Yeon, Burning Sun Club e mais

Presidente Moon Jae In ordena que sejam feitas investigações completas sobre casos de Jang Ja Yeon, Burning Sun Club e mais

Em 18 de março, o presidente sul-coreano, Moon Jae In, recebeu relatos dos casos referentes à falecida atriz Jang Ja Yeon (Boys Over Flowers), ao ex-vice-ministro do ministério da justiça Kim Hak Eui e ao Burning Sun Club. O presidente respondeu ordenando que seja feito uma investigação completa nos três casos.

O Presidente Moon Jae In começou: “Há casos que mostram suspeitas extremamente fortes aos olhos de nossos cidadãos, mas as verdades não foram descobertas por um longo tempo, e [a verdade para] algumas delas foram ocultadas”.

O presidente reconheceu o fato de que todos os casos ocorreram dentro da classe privilegiada, e há suspeitas de que organizações investigativas, como a promotoria e a polícia, deliberadamente realizaram investigações fracas para proteger os suspeitos e ocultar a verdade no passado.

Ele continuou: “Se não esclarecermos a verdade por trás dos casos que ocorreram dentro da classe privilegiada, não poderemos falar de uma sociedade justa”.

Quanto às alegações de oficiais de alto escalão usando seu poder para proteger os suspeitos em vários casos, o presidente disse: “Esses casos podem ter acontecido no passado, mas tenha em mente que revelar a verdade e expor fatos embaraçosos [sobre eles mesmos] a fim de renascer como agências de investigação confiáveis ​​é uma missão que precisa ser executada com responsabilidade pelos atuais líderes da promotoria e da polícia”.

Ele acrescentou: “A acusação e a polícia não serão capazes de restaurar a justiça e a confiança do público neles como agências de inspeção se não refletirem sobre seu passado de ser impotente em relação aos casos que envolvem pessoas influentes, além de revelar claramente a verdade, por trás de suspeitas de deliberadamente realizar investigação fraca para proteger e esconder [a verdade]”.

O presidente também mencionou os casos relativos a clubes no distrito de Gangnam. Ele pediu que seja feita uma investigação completa sobre as alegações dos donos de clubes usando métodos ilegais de administrar os estabelecimentos, tais como fornecer drogas e favores sexuais a seus clientes, bem como receber tratamento especial de organizações autorizadas.

O presidente continuou dizendo que, embora esses casos tenham ocorrido na administração passada, existe a possibilidade de que crimes com padrões semelhantes possam ter ocorrido durante o atual governo. Portanto, ele mencionou a necessidade de uma investigação completa e questionamento que punir todas as pessoas, independentemente de sua posição social.

O Presidente Moon Jae In concluiu abordando o ponto-chave dos casos. Ele disse: “O ponto-chave é descobrir a verdade tangível por trás dos casos e as suspeitas de tratamento especial dado por organizações investigativas, como a promotoria, a polícia e o Serviço Nacional de Impostos”.

“As pessoas poderosas com conexões conseguiram esconder a verdade e receber a absolvição pelas atividades ilegais e crimes que cometeram, enquanto cidadãos sem poder que eram injustamente vitimizados tiveram que tremer de medo sem a proteção da lei”, continuou o Presidente Moon Jae In.

“Eu enfatizo mais uma vez que, se não formos capazes de endireitar [a verdade], nunca poderemos falar de uma sociedade justa. Peço que o Ministro da Justiça e o Ministro da Segurança Nacional assumam a responsabilidade de revelar a verdade e esclarecer toda e qualquer suspeita que tenha sido levantada sobre os vários casos”.

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre