Seungri teria recebido serviços de prostituição

Seungri teria recebido serviços de prostituição

Seungri supostamente já recebeu serviços de prostituição, além de intermediar serviços de acompanhantes para investidores.

Em 9 de maio, a Divisão Especial de Detetives Provinciais da Agência da Polícia Metropolitana de Seul revelou que eles descobriram que Seungri havia se hospedado em um hotel em Seul e recebido serviços de prostituição. Isso aconteceu na época em que ele mediava a prostituição para entreter os investidores japoneses no final de 2015.

A polícia acrescentou as acusações de receber serviços de prostituição ao mandado de prisão preventiva de Seungri. As acusações reveladas foram de mediação de prostituição, peculato (abuso de confiança pública) e violação da Lei de Saneamento de Alimentos.

Uma fonte policial declarou: “Estamos investigando outras suspeitas de [Seungri] de intermediar serviços de prostituição para investidores, além dos casos em sua festa de aniversário de 2017 em Palawan e sua participação com investidores japoneses em 2015″.

Em relação às suspeitas de ligações corruptas com o Superintendente Sênior Yoon, a fonte disse: “Confirmamos a verdade usando todos os métodos possíveis e estamos no processo de revisar legalmente o caso. Continuamos a investigar os policiais atualmente ativos que foram contratados também”.

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre