YG nega que Yang Hyun Suk tentou influenciar o testemunho de “A” sobre B.I

YG nega que Yang Hyun Suk tentou influenciar o testemunho de “A” sobre B.I

Em 12 de junho, a KBS News informou sobre a suspeita de que Yang Hyun Suk tenha tentado influenciar o testemunho de “A”.

A” é uma pessoa que foi presa sob acusação de fumar maconha em agosto de 2016. Durante a investigação de “A“, a polícia encontrou uma conversa no KakaoTalk entre “A” e B.I em abril de 2016 que sugeria que B.I estava tentando comprar drogas.

Após o relatório da Dispatch sobre B.I e seu suposto uso de drogas, B.I anunciou seus planos para deixar o iKON através de uma declaração no Instagram. A YG Entertainment confirmou posteriormente que B.I deixou o grupo e também rescindiu seu contrato exclusivo com a agência.

A Agência da Polícia Provincial do Sul de Gyeonggi, que agora está enfrentando a questão de saber se a polícia investigou adequadamente as mensagens que encontraram depois de prender “A” em 2016, divulgou uma declaração sobre possivelmente reabrir a investigação sobre “A” e B.I.

O relatório inicial da Dispatch também incluiu a suspeita de que Yang Hyun Suk pudesse ter influenciado o testemunho de “A”. “A” inicialmente disse que entregou LSD para B.I em frente ao dormitório do iKON em maio de 2016. Quando questionado pela polícia novamente, no entanto, “A” mudou seu testemunho para dizer que, embora tenham discutido a possível compra de drogas, ele na verdade não conseguiu nenhuma droga para B.I.

Em resposta da YG Entertainment a Dispatch, a empresa afirmou que “A” havia mentido sobre o B.I realmente receber drogas e que Yang Hyun Suk havia se encontrado com “A” apenas para corrigir seu testemunho.

Em seu relatório de 12 de junho, a KBS News divulgou declarações de alguém que eles descrevem como uma fonte importante relacionada ao caso. Esta fonte afirma que no dia seguinte ao interrogatório de “A” da polícia, Yang Hyun Suk entrou em contato com “A” e pediu uma reunião no escritório da empresa. A fonte afirma ainda que Yang Hyun Suk pressionou “A” para mudar seu testemunho sobre B.I e pessoalmente nomeou um advogado para “A”.

A KBS News também entrevistou um policial envolvido na investigação do caso. O policial declarou: “O advogado era diferente dos outros advogados. Eles passaram por todas as palavras do testemunho da pessoa”.

O policial continuou: “O comportamento de “A” também mudou. Seu comportamento não era natural. A primeira coisa que me disseram quando entraram foi: “Sinto muito, detetive”.

A KBS News foi entrevistar o advogado envolvido no caso, mas eles se recusaram a dar uma resposta e disseram: “Você sabe que há privilégios de advogado-cliente em relação à confidencialidade. Eu não posso falar sobre isso”. Quando o repórter perguntou sobre Yang Hyun Suk, o advogado lhe disse para sair.

A YG Entertainment emitiu um comunicado dizendo que eles só se encontraram com “A” para verificar seu testemunho sobre B.I e que não os pressionaram a mentir nem contrataram um advogado para eles.

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre