14 músicas do K-Pop girlpower para você se sentir empoderada

14 músicas do K-Pop girlpower para você se sentir empoderada

1. Crazy — 4Minute

“I’m the female monster” parece ser uma linha apropriada para iniciar esta lista, e Crazy do 4Minute só fica, bem, mais louco depois. Dos versos em ritmo acelerado ao refrão cantado (e às expressões faciais incríveis dos olhos de HyunA), você não conseguirá recuperar o fôlego nesta faixa de contundente!

2. Hello Bitches – CL

Não fica muito mais ousada do que a Baddest Female favorita de todos, e com um título de música como Hello Bitches, você sabe que esse vai ser um banger. CL não tem medo de nos mostrar por que ela é uma rainha do K-pop.

3. Hobgoblin – CLC

Goblins geralmente não são conhecidos por sua beleza, mas o CLC não poderia se importar menos, assumindo a personificação desses pequenos demônios de Hobgoblin. Na mesma linha que os hits do grupo Black Dress e Me, Hobgoblin (Que foi co-escrita por HyunA!) É mais feroz e mais ousada: as garotas se descrevem como gnomos que atraem seu interesse romântico para sair e amá-las – e podemos dizer com segurança que elas nos conquistaram!

4. Anck Su Namun — Yezi

K-pop mais o Egito Antigo é uma combinação que nunca soube que precisávamos até que Yezi nos abençoasse com Anck Su Namun. A ex-membro do FIESTAR canaliza uma antiga rainha egípcia para a faixa, inspirando-se em um real egípcio fictício no filme americano. A Múmia. Yezi é feroz como uma faraó em seus raps, enquanto os suaves sussurros e cantos egípcios da canção dão a ela uma vibração sedutora que lembra os mistérios atemporais do Nilo.

5. Crush — 2NE1

Ninguém fez o conceito badass girl group como o 2NE1, e apesar de terem vários hits iluminados em seu nome (afinal, eles são os melhores) Crush é o mais flagrante. Ousadia, desafiadora e chamativo, as damas têm razão quando proclamam que “me amam porque mato” – considerem-nos mortos!

6. Me & You — EXID

Por que ficar triste com um rompimento quando você pode ir à festa com seus amigos? O EXID não se arrepende de terminar um relacionamento em Me & You, montando sua nova liberdade!

7. Punk Right Now — HYO (Hyoyeon do Girls’ Generation)

Se você está procurando uma música para dançar, então DJ HYO tem o que você procura. O hit dançante do Girls’ Generation vem sacudindo sua imagem desde sua estréia como artista solo, e DJ HYO faz jus ao novo nome foda em Punk Right Now, com batidas e proclamações ousadas sobre fazer o que ela quer.

8. Color Me Rad — D.Holic

No que diz respeito às frases em inglês do K-pop, color me rad é na verdade bastante engenhoso: cativante, destemido e direto ao ponto.

9. Piri— DreamCatcher

O som de infusão de rock do DreamCatcher faz algumas músicas únicas e ousadas, mas nenhuma é tão impressionante quanto Piri. Intensa e um pouco assombrosa, Piri rapidamente se torna um banger quando o refrão chega, provando ser o ápice do slayage do DreamCatcher.

10. Kill This Love — BLACKPINK

Obviamente, essa lista não seria nada sem o sucesso insanamente popular do BLACKPINK. Kill This Love é uma denúncia direta de um romance que tem que acabar – nos próprios termos das mulheres. Não é muito mais difícil do que isso!

11. KKPP — MiSO do GIRLS GIRLS

Se você nunca ouviu falar da MiSO do girl group GIRLS GIRLS, permita-nos apresentá-la a ela através deste hino feminino e feroz. KKPP é uma confusão de eletro-synths agressivos que a rapper domina com suas linhas de assinatura gritty.

12. Red Light — f(x)

Os sintetizadores por si só fazem Red Light mais ousada do que a sua faixa típica de K-pop, mas as garotas do f (x) matam com seus raps e harmonias surpreendentemente fortes no refrão.

13. Sugar Free — T-ara

O T-ara tem se esforçado desde 2014, quando lançaram esta faixa de dança EDM que ainda não falha em ficar presa em nossas cabeças. No estilo típico do T-ara, Sugar Free é inacreditavelmente cativante, mas essa música tira todas as paradas quando se trata de pura intensidade e luminosidade.

14. Hate — 4Minute

Hate é tão beligerante que é preciso mais do que uma pessoa realmente ouvir, mas vale a pena se acostumar. Enquanto a música começa triste, ela rapidamente se transforma em um refrão bombástico que é absolutamente desagradável: as batidas agressivas e cantadas de “I hate you” são a definição de contundente, tornando-se a trilha perfeita para fechar esta lista!

O que você acha dessas músicas? Há outras faixas que você adicionaria a essa lista? Deixe-nos saber nos comentários!

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre