Mulher que acusa Himchan do B.A.P de agressão é acusada de chantagem

Mulher que acusa Himchan do B.A.P de agressão é acusada de chantagem

A mulher (referida como “A“) que acusou o Himchan do B.A.P de agressão indecente vai ser investigada por suspeitas de chantagem conjunta.

De acordo com a Delegacia de Polícia de Seul Gangnam, em 13 de agosto, “A” foi encaminhada ao Ministério Público com uma recomendação de indiciação.

A delegacia de Namyangju da província de Gyeonggi declarou que Himchan está atualmente sob suspeita de ter cometido um ato indecente por compulsão contra uma mulher de 20 anos em uma casa de hóspedes em julho de 2018. Em setembro de 2018, Himchan foi registrado sem detenção antes de ser enviado ao Ministério Público com uma recomendação para acusação.

No primeiro julgamento em julho de 2019, o advogado de Himchan declarou: “Havia sentimentos de interesse entre os dois. Não foi consentimento explícito, mas houve consentimento implícito, e é por isso que não é um ato indecente por compulsão”.

O advogado acrescentou: “Está claro que havia sentimentos de interesse entre eles. Reconhecemos a verdade do beijo e do toque no peito dela, mas não havia outro contato físico além disso”, e negou as suspeitas de atos indecentes por compulsão.

Agora há interesse em saber como “A” sendo encaminhado para a acusação pode afetar o segundo julgamento.

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre