Hash Swan pede aos fãs do BTS e seus fãs que parem de brigar

Hash Swan pede aos fãs do BTS e seus fãs que parem de brigar

No início desta semana, Hash Swan foi inesperadamente envolvido nos rumores de namoro de Jungkook do BTS (que foram negados pela Big Hit Entertainment desde então). Depois que uma foto apareceu em uma comunidade on-line de um homem supostamente Jungkook abraçando uma mulher por trás, algumas pessoas começaram a especular que o homem na foto era na verdade Hash Swan. O rapper respondeu postando a foto no Instagram e esclarecendo: “Este não sou eu. Estou [dizendo isso] porque muitas pessoas estão me perguntando sobre isso”.

Logo depois, Hash Swan excluiu sua postagem devido a vários pedidos para remover a foto. Mais tarde, ele compartilhou vários prints de pessoas que zombavam dele e de sua aparência nas redes sociais, antes de finalmente postar uma longa mensagem pedindo que as pessoas parassem de ataca-lo.

A publicação completa de Hash Swan é a seguinte:

“Vamos parar.

Não gosto desses relatórios distorcidos.
Sou uma pessoa que faz música, e não gosto que falem de mim por esses motivos.

Eu vi tudo:
pessoas que me aplaudiram através de hashtags,
pessoas que sentiram pena de mim, mesmo que não tivessem feito nada errado,
pessoas que disseram: “Como as coisas acabaram assim, vamos culpar ele por tudo, hehe,”
Pessoas que disseram:”Oh, se não fosse [você], não importa”,
todas as outras pessoas também.
Na verdade, parece que as pessoas levam suas vidas de muitas maneiras diferentes.

Muito obrigado às pessoas que se desculparam ao marcar meu nome no Twitter, bem como às pessoas que me aplaudiram enviando-me DMs no Instagram, dizendo-me para encontrar forças e não prestar atenção [aos haters]
Estou tentando pensar nisso [de uma maneira positiva] como uma chance para eu perceber que há mais pessoas que gostam e se importam comigo do que eu pensava.

Sei que, não importa o que, como você diz essas coisas, haverá pessoas que encontrarão uma maneira de zombar e rir de mim por motivos que nem consigo imaginar.
Então vamos parar.
Vocês cuidam do seu próprio negócio, e eu continuarei fazendo minha música.
Se algum dia você me vir nos sites de música que vocês usam, espero que pelo menos fique feliz em me ver.

Estou ficando meio exausto.
Honestamente, eu realmente não fiz nada de errado, hehehehe.
Estou bravo comigo mesmo por ficar bravo.
Então, por favor, vamos parar com tudo isso.

Todos nós.
Por favor”.

Em 18 de setembro, Hash Swan fez uma live no Instagram para pedir paz entre seus fãs e os fãs do BTS. Ele disse: “Embora eu tenha ferido meus sentimentos durante esse incidente passado, não acho que isso seja algo que os fãs devam estar brigando. Estou bem agora. Eu me sinto culpado por ver [nossos] fãs brigando entre si. Nós descobrimos a situação [em relação à foto], e está tudo acabado agora. Não vamos brigar”.

O rapper também afirmou que não considerava aqueles que o atacaram “verdadeiros fãs do BTS”. Ele explicou: “Embora os fãs de ambos os lados estejam brigando, as pessoas que me atacaram enviando-me DMs e mensagens não eram verdadeiras fãs do BTS de qualquer maneira. Esse é um problema criado por uma minoria de pessoas que nem são fãs de verdade do BTS”.

Pedindo a seus seguidores que considerassem os sentimentos de Jungkook, Hash Swan continuou: “É verdade que fui atingido por uma pedra do nada quando não estava fazendo nada [uma expressão coreana descrevendo alguém que é atacado sem motivo]. Mas também recebi muitas desculpas por isso. Eu acho que o Jungkook do BTS deve estar tão chateado quanto eu e passou por um momento difícil também. Mas, devido aos requisitos de seu trabalho, mesmo que ele tivesse algo que queira dizer agora, ele não seria capaz de dizê-lo”.

“Idols e rappers são diferentes”, continuou ele. “Não importa se eu digo o que quero dizer e minha imagem é manchada, mas [Jungkook] não é livre para se expressar [assim]”.

Hash Swan concluiu: “Vamos parar com tudo. Não sei se você está fazendo isso para proteger [os artistas que você apóia] ou porque odeia os fãs do outro artista, mas vamos parar agora”.

Deixe aqui sua opinião sobre