CL pede solidariedade com o movimento Black Lives Matter e fala sobre como os artistas negros inspiraram o K-Pop e seu próprio trabalho

CL pede solidariedade com o movimento Black Lives Matter e fala sobre como os artistas negros inspiraram o K-Pop e seu próprio trabalho

Você pode me seguir no Tiktok por aqui

Followers

Seguir

CL escreveu uma carta pedindo uma maior conscientização de como todos os aspectos da indústria do k-pop foram inspirados pela cultura negra e ela incentivou todos a se preocuparem e apoiarem o movimento Black Lives Matter.

Pouco depois da indignação causada pela morte de George Floyd, CL mostrou pela primeira vez seu apoio ao movimento em 31 de maio, quando compartilhou uma petição em seu Instagram pedindo justiça.

Em 4 de junho, ela compartilhou seus pensamentos em uma carta poderosa, escrita em inglês e coreano. Leia abaixo:

The Miseducation of Lauryn Hill foi o primeiro álbum que meu pai me comprou.

DANGEROUSLY IN LOVE de Beyonce foi o primeiro CD que comprei para mim.

Janet Jackson me ensinou o poder do movimento da dança e da expressão.

Missy Elliott é o motivo pelo qual estou tão obcecada com meus vídeos.

Lil Kim foi uma das pioneiras da moda que me ensinou a ser destemida na maneira como conto histórias através das roupas …

Aaliyah é a razão pela qual eu ainda uso calças largas e botas de combate no palco.

Durante os raros momentos em que eu estava no karaokê, meus amigos me viram cantar (mas de fato gritar) nonononoWAY de Whitney Houston.

Termina sem drama de MJB.

Algumas das maiores inspirações para o 2NE1 foram DESTINY’s CHILD e TLC.

Estes são apenas alguns dos exemplos das principais mulheres que me inspiraram ao longo dos anos.

Artistas, diretores, escritores, dançarinos, designers, produtores, estilistas da indústria do K-pop são todos inspirados pela cultura negra, reconhecendo-a ou não.

Eu gostaria de incentivar todos os fãs de K-pop a retribuir e mostrar seu amor e apoio por tudo o que recebemos dos artistas negros.

Eu quero explicar a todos os fãs de K-pop, colegas asiáticos e não-americanos que sentem que têm pouca ou nenhuma conexão com o que está acontecendo e que estamos todos conectados no final do dia.

E nós, asiáticos que moramos no exterior, também não enfrentamos racismo suficiente a ponto de ficarmos entorpecidos e cansados ​​disso?

Devemos nos levantar juntos como alguém que os ajude a lutar pela justiça.

Nunca é tarde demais. Vamos enviar amor e apoio a eles, cuidando, elevando vozes negras, educando a nós mesmos e conscientizando as pessoas ao seu redor”.

View this post on Instagram

+

A post shared by CL (@chaelincl) on

CL é uma cantora, compositora e rapper popular que estreou em 2009 como líder do lendário girl group 2NE1. Além das muitas conquistas do grupo, ela também é a única solista coreana a figurar no Hot 100 da Billboard, o que fez em 2015 com seu single Lifted.

Fonte: Soompi

Deixe aqui sua opinião sobre