(Português do Brasil) 8 belos dramas que contam histórias de família que te deixarão com olhos cheios de lágrimas

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Com as festas de fim de ano chegando é oficialmente aberta temporada de celebrar a família, e de acordo com o espírito, decidimos passear pela memória e relembrar todos os belos dramas que fazem você querer chamar a sua mãe, enviar uma carta manuscrita dizendo a sua avó o quanto ela significou para você, e abraçar a sua irmã com quem você brigou depois que ela pediu emprestadas suas blusas muitas vezes! Yup, esses dramas familiares puxarão as cordas do seu coração e irão te fazer você querer chorar de uma maneira feliz! E psst …

Oh Ji Ho (Chuno, Couple or Trouble), Park Jin Hee (Giant, Kimchi Family) e Heo Jung Eun (Hyde, Jekyll and I) estrelam um melodrama que mostra como o sofrimento algumas vezes é o melhor jeito de restaurar a nossa fé na vida. Mo Geum Bi (Heo Jung Eun) tem oito anos. Ela é doce, amável e persistente. Infelizmente, mesmo sendo tão jovem, Geum Bi é diagnosticada com a Doença de Niemann-Pick. Uma mutação genética referida como o “Alzheimer infantil” devido a deterioração mental e física que ela causa. Um dia, Geum Bi aparece na porta de Mo Hwi Chul (Oh Ji Ho), o pai que viveu longe dela, já que a mãe (Oh Yoon Ah) já havia se separado dele e o considerava o pior dos lixos. Inicialmente, Hwi Chul fica irritado com a aparição dela e tenta afastá-la, mas Geum Bi é forte demais para deixá-lo importuná-la. Entretanto, enquanto perde lentamente sua saúde e sua memória, Geum Bi precisa de alguém para cuidar dela – alguém melhor que Hwi Chul, um vigarista e perdedor que não tem objetivos na vida. Assim que ele começa a valorizar a filha, Mo Hwi Chul finalmente aprende sobre a vida. Ele aprende sobre a beleza ao seu redor, o valor do tempo e a preciosidade de cada respiração de alguém que não desiste e não deixa a doença sujar sua visão sobre o mundo. Juntos, eles riem, amam e vivem, mostrando à doença quem é que manda. Simultaneamente, como se a humanidade deles estivesse destinada a trazer mais alguém em suas vidas, eles cruzam o caminho de Go Gang Hee (Park Jin Hee), uma arborista pessimista que passa a maior parte do tempo sozinha ou procurando artefatos culturais roubados, e que se envolve na vida da dupla. Será que as três almas, cada uma com seus problemas e alegrias, conseguirão encontrar um motivo para abrirem seus corações? Ou a felicidade não é possível quando a vida não nos dá tempo para aproveitá-la?

Back

Deixe aqui sua opinião sobre