(Português do Brasil) Lee Je Hoon revela o quão difícil foi para memorizar todas as falas japonesas do seu novo filme

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Em 14 de junho, Lee Je Hoon participou de uma entrevista sobre seu novo filme Anarchist from Colony e falou sobre o quão difícil foi interpretar o papel de Park Yeol, um ativista independente da vida real durante a ocupação do Japão em relação à Coréia.

Lee Je Hoon declarou: “Mais de metade das minhas falas estavam em japonês. Porque eu tinha que atuar em vez de simplesmente dizer as falas, esse filme foi bastante oneroso e difícil. Fiquei afortunado por ter conquistado o papel, mas foi um enorme peso nos meus ombros. Passei todo o dia memorizando minhas falas”.

Ele explicou o quão duro ele trabalhou para este filme compartilhando uma história sobre um pesadelo que ele teve. “Há uma cena de teste que tem muitas falas japonesas nele, e felizmente estávamos planejando filmá-la perto do final do nosso cronograma de filmagem. Eu tive tempo suficiente para memorizar as falas e descobrir como expressá-las. Então, um dia, tive um sonho de que estava filmando essa cena. O diretor gritou: “Ação!” E eu não conseguia lembrar. Todo mundo estava olhando para mim. Esse momento durou cerca de cinco segundos, mas senti como se tivesse durado para sempre. Acordei do sonho, e lágrimas saíram dos meus olhos. Fiquei extremamente abalado por esse sonho porque essa cena é o destaque do filme, e transmite uma mensagem importante. Desde então, eu ensaiei minhas falas sem parar enquanto eu estava no set”.

Anarchist from Colony estreia em 28 de junho da KST.

Quantos de vocês estão impressionados com a dedicação de Lee Je Hoon à atuação?

Fonte: Soompi

1 COMMENT

LEAVE A REPLY