(Português do Brasil) Repórter do caso do chat em grupo fala sobre testemunhos das vítimas

Repórter do caso do chat em grupo fala sobre testemunhos das vítimas

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Em 14 de março, a repórter da SBS Kang Kyung Yoon foi convidada para falar no programa de rádio da SBS Lee Jae Ik’s Politics Show.

Kang Kyung Yoon é a repórter que divulgou os relatórios iniciais sobre os chats em grupo de Kakaotalk entre as celebridades masculinas que compartilhavam imagens de câmeras escondidas ilegais e discutiam a agressão sexual e a objetificação das mulheres.

Ela já se pronunciou sobre por que ela sentiu a necessidade de relatar este caso como uma repórter e também se manifestou fortemente contra a especulação sobre as identidades das vítimas femininas no caso.

No programa de rádio, Kang Kyung Yoon disse que se encontrou com quatro ou cinco vítimas e disse: “Não só elas foram claramente vitimadas, mas elas estavam com medo de que seus detalhes pessoais fossem revelados e não pudessem registrar uma queixa. Elas também estavam com medo de que os homens ficassem zangados com elas e divulgassem as imagens, então elas tiveram que recorrer a eles. Elas imploraram a [Jung Joon Young] para excluir corretamente o material”.

Ela continuou: “Uma pessoa comum pode ter se sentido constrangida com esse pedido, mas Jung Joon Young acabou de pedir ao amigo, a quem ele já havia enviado a filmagem, que a enviasse novamente. Ele dizia: ‘Envie o vídeo novamente. [A garota] apagou e saiu. Consiga de novo’”.

Kang Kyung Yoon também disse que, para ela, parecia que Jung Joon Young estava pensando nesses crimes como um jogo. Ela disse: “As vítimas tinham vinte e poucos anos na época dos incidentes. Eu chorei quando ouvi seus testemunhos”.

No mesmo dia da entrevista, Jung Joon Young e Seungri estavam na delegacia. Jung Joon Young está sob investigação por filmar e compartilhar secretamente imagens escondidas de atos sexuais, crimes aos quais ele admitiu em uma carta pública. Outras celebridades masculinas que admitiram estar no chat ou saber sobre as imagens ilegais incluem Choi Jong Hoon e Yong Junhyung, Lee Jong Hyun do CNBLUE também participou de conversas de natureza similar com Jung Joon Young.

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre