(Português do Brasil) Choi Jong Bum ex-namorado de Goo Hara, nega a maioria das acusações no primeiro julgamento

Choi Jong Bum ex-namorado de Goo Hara, nega a maioria das acusações no primeiro julgamento

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Choi Jong Bum negou a maioria das acusações feitas contra ele por Goo Hara em seu primeiro julgamento.

Em 18 de abril, o juiz chefe Oh Duk Shik do Tribunal Distrital Central de Seul realizou o primeiro julgamento de Choi Jong Bum, acusado de violar a Lei de Casos Especiais Relativos à Punição de Crimes Sexuais (filmando partes do corpo sem consentimento), assalto causando danos corporais, intimidação (chantagem), coerção e destruição e danos à propriedade.

Anteriormente, Choi Jong Bum e Goo Hara tiveram uma briga física, onde ele machucou seus braços e pernas. Também foi revelado que ele havia tirado fotos de suas costas e pernas sem que ela soubesse e forçou Goo Hara a fazer com que seu CEO se ajoelhasse na frente dele. Ele foi indiciado sem detenção.

De acordo com a Yonhap News, o lado de Choi Jong Bum discordou do uso de depoimentos dos promotores de Goo Hara, companheira de quarto de Goo Hara, e do CEO da agência de Goo Hara.

No julgamento, o advogado de Choi Jong Bum afirmou: “As fotos não foram tiradas contra a vontade da vítima, e não são fotos que induziriam desejo sexual ou humilhação. O dano corporal também é resultado de tentar subjugar a vítima. O vídeo de sexo nunca foi usado como pretexto ou como forma de notificar más intenções. Não é verdade que ele forçou Goo Hara a se ajoelhar por causa do vídeo”.

Em relação às acusações de destruição e danos à propriedade, seu advogado afirmou: “Ele reconhece tudo e está refletindo sobre isso”.

De acordo com a promotoria, Goo Hara, sua colega de quarto e seu CEO da agência serão interrogados como testemunhas.

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre