(Português do Brasil) Jung Joon Young admite a todas as acusações e pede desculpas antes de interrogação na corte

Jung Joon Young admite a todas as acusações e pede desculpas antes de interrogação na corte

Sorry, this entry is only available in Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

No dia 21 de março, às 9h30, Jung Joon Young chegou ao Tribunal Central de Seul para ser interrogado sobre a determinação da validade de um mandado de prisão que foi solicitado pela polícia em 18 de março. O ex-funcionário da Burning Sun, Sr. Kim também foi convocado para ser interrogado pela mesma razão.

Jung Joon Young e Kim foram acusados ​​de compartilhar imagens de câmeras escondidas ilegais em chats em grupo, violando assim o ato em casos especiais relativos à punição, etc. de crimes de violência sexual.

Depois de chegar ao Tribunal do Distrito Central de Seul, Jung Joon Young ficou em frente à imprensa e leu uma declaração que havia escrito à mão com antecedência.

Ele declarou: “Peço desculpas. Eu cometi um crime imperdoável. Eu admito todas as acusações feitas contra mim. Não vou discutir [sobre as acusações] e humildemente respeitar a decisão do tribunal. Mais uma vez, peço profundamente desculpas às vítimas a quem causei dor, às mulheres que sofreram danos secundários devido a rumores infundados e a todos que me mostraram interesse e amor até agora. Eu cooperarei fielmente com as investigações e passarei o resto da minha vida se arrependendo”.

Em relação ao pedido de mandado de prisão, uma fonte do tribunal explicou: “Embora não esteja confirmado, os resultados provavelmente serão divulgados hoje à noite”.

Abaixo está um vídeo de Jung Joon Young fazendo sua declaração:

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre