(Português do Brasil) Jung Joon Young será transferido para o centro de detenção

Jung Joon Young será transferido para o centro de detenção

Sorry, this entry is only available in Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Em 22 de março, uma fonte da polícia disse: Jung Joon Young será transferido para um centro de detenção até as 21h KST”. A polícia afirmou ainda que o cantor ficará no Centro de Detenção do Sul de Seul.

Jung Joon Young foi interrogado no Tribunal Distrital Central de Seul no dia anterior, após o qual o tribunal emitiu um mandado de prisão contra acusações de filmar e compartilhar vídeos de câmeras escondidas.

Após o interrogatório, foi relatado que o cantor saiu de uma cela de uma delegacia de polícia e estava hospedado em sua casa, no bairro de Chungdam, enquanto recebia proteção pessoal da polícia.

Uma cela de detenção em uma delegacia de polícia mantém temporariamente pessoas que foram presas pela polícia, até que haja um mandado de prisão emitido. No entanto, um centro de detenção mantém suspeitos oficiais cujas investigações e julgamentos estão em andamento, mas eles não receberam uma sentença final do tribunal.

O ato de Jung Joon Young de filmar e compartilhar vídeos de câmeras escondidas veio à tona devido a um relatório da 8 O’Clock News da SBS em 11 de março, durante o qual também reportou salas de chat incluindo Jung Joon Young, Seungri e Choi Jong Hoon e cinco outros participantes. Nos chats, os participantes alegadamente solicitaram prostituição, discutiram o suborno de policiais para encobrir crimes e muito mais.

Outras alegações feitas contra Jung Joon Young incluem o cantor recebendo serviços de prostituição como um presente do ex- CEO da Yuri Holdings, Yoo In Suk, e usar seus laços com a polícia para se livrar da evidência chave de seu caso de 2016 contra sua ex-namorada. Foi ainda relatado que Jung Joon Young estava sendo investigado pela Agência Metropolitana de Polícia de Seul sobre imagens de câmeras escondidas em novembro de 2018.

Fonte: (1)

Deixe aqui sua opinião sobre